O Mercado dos Lavradores, inaugurado em 1940, apresenta uma arquitetura própria do Estado Novo, num ambiente de rebuliço e alegria.

O Mercado dos Lavradores, no centro do Funchal foi inaugurado a 24 de Novembro de 1940. Este projeto da autoria de Edmundo Tavares (1892-1983), apresenta a arquitetura do Estado Novo, e reflete a intenção de o tornar no grande polo abastecedor da cidade.

Grandes painéis de azulejos da Faiança Batisttini de Maria de Portugal, datados de 1940 e pintados com temas regionais, por João Rodrigues, ornamentam a fachada, a porta principal e a peixaria.

Nos dias de hoje este espaço ainda exerce as funções para as quais foi criado, nele se comercializando produtos de toda a espécie, num ambiente onde se misturam cores, sons, cheiros e gentes diversas.

Horário de Funcionamento:
  • Segunda, Quinta -feira: 08:00 – 19:00;
  • Sexta -feira: 07:00 – 20:00
  • Sáb.:07:00 -14:00
  • Pausa/Interrupção: Domingos e feriados.

Mercado Dos Lavradores


Acessibilidades

♿🟢 -Acessibilidade: Fácil ( Acesso Depende De Um Elevador )
Tem duas rampas no recinto por causa dos degraus que existem.
Tem alguma atenção em dias de bastante movimento as rampas pode estar comprometidas / Tapadas.
Muitas vezes acontece ter mobiliário da restauração a atrapalhar os acessos.


« Voltar


error: Content is protected !!
Skip to content