Descrição Jardim Botânico Tour

Com Esta Tour Vai Conhecer Vai Puder Muita Flora E Fauna Da Nossa Ilha.

Este Jardim É Possível Visitar Em 4 Horas De Tempo.

O Jardim Botânico da Madeira – Eng.º Rui Vieira, com uma área ajardinada de 5ha aproximadamente, reúne uma elevada quantidade e diversidade de espécies vegetais (cerca de 3000) originárias de zonas do globo ecologicamente bem diferenciadas.

Ao longo do jardim, as plantas encontram-se identificadas com o nome científico, nome comum, família e local de origem e dispostas em várias coleções principais, das quais se destacam: as espécies endémicas da Madeira, o arboreto, as plantas suculentas, os jardins coreografados e a topiária, as plantas agroindustriais, as plantas aromáticas e medicinais, as palmeiras e cicadáceas e as áreas ajardinadas.

A criação do Jardim Botânico da Madeira foi a concretização de uma aspiração antiga que remontava ao século XVIII, dado que a Ilha reunia condições de clima propícias para cultivar um grande número de espécies vegetais, desde as características das regiões tropicais até às das regiões frias.

A coleção de plantas suculentas fica localizada na zona centro-este do Jardim, próximo da casa principal. Esta coleção é constituída por plantas que apresentam adaptações morfológicas e fisiológicas que lhes permitem sobreviver em ambientes secos e/ou desérticos. Aqui o visitante poderá observar as mais diversas estratégias evolutivas e adaptações destas curiosas plantas.

A coleção reúne cerca de 200 espécies de várias famílias, com destaque para Cactaceae, Crassulaceae, Agavaceae, Euforbiaceae, Asclepidaceae, Aizoaceae entre outras.

A topiária, ou poda ornamental, consiste em dar formas artísticas às plantas mediante corte com tesouras de poda.

Esta prática, assim como os jardins coreografados, onde plantas de diferentes cores são utilizadas para criar padrões e mosaicos, visam a criar ambientes agradáveis e harmoniosos. A sua realização exige grande cuidado na escolha das espécies e no processo de modelação.

No Jardim Botânico da Madeira, para além de uma exposição de topiária, onde podem ser observadas diversas formas de animais e objetos esculpidas em arbustos, o visitante pode ainda observar uma área com jardins coreografados, onde plantas de diversas cores são conjugadas e organizadas de modo a criar mosaicos coloridos.

Na zona onde se encontra a exposição de topiária, destaca-se também a existência de uma representação da pitoresca casa de Santana, construção típica do concelho de Santana na ilha da Madeira.

Estas construções caracterizam-se por apresentar uma forma triangular, as paredes pintadas de branco, as portas de vermelho e as periferias das portas e janelas de azul e a cobertura constituída por colmo, os quais eram tradicionalmente substituídos de 5 em 5 anos.

A importância das plantas para o Homem é incontestável. Seja como fonte de alimento ou matéria-prima para os mais variados fins industriais, o ser humano aprendeu cedo a utilizar as plantas para o seu bem-estar.

A coleção das plantas agroindustriais, localizado na área central do jardim, reúne cerca de 150 espécies e variedades de plantas utilizadas na alimentação e na indústria. Destaca-se as árvores de fruto tropicais e subtropicais.

As palmeiras, apesar de encontrarem-se distribuídas por todo o mundo, têm a sua origem e distribuição preferencial nas regiões tropicais e subtropicais.

As cicas são plantas com aspeto semelhantes às palmeiras.

Apesar de terem sido especialmente abundantes no período Jurássico da era Mesozoica, existem atualmente poucas espécies, algumas das quais ameaçadas de extinção.

Presentemente, a sua distribuição natural encontra-se restrita a um número muito limitado de regiões tropicais e subtropicais.

Estas plantas, devido às suas folhas grandes e lustrosas e as inflorescências em grandes cones, semelhantes a pinhas e muitas vezes com cores vivas, entre o amarelo e o cor-de-laranja, têm sido muito apreciadas na decoração de jardins.

Em 1997, na secção sul do Jardim, junto ao anfiteatro, foi criada uma coleção com cerca de 44 espécies de palmeiras e de cicas. Nas palmeiras, destaca-se os exemplares de Bismackia nobilis (palmeira de prata), Lateria felti, Chambeyronia macrocarpa (palmeira do governador) e várias espécies do género Washingtonia.

Nas cicas, destaca-se os exemplares dos géneros Dioon, Encephalartos, Zamia e Macrozamia.

A coleção de espécies endémicas da Madeira visa dar a conhecer a flora do Arquipélago da Madeira.

A coleção inclui exemplares de vários taxa endémicos, alguns dos quais raros e ameaçados de extinção. Destaca-se por exemplo Jasminum azoricum, Cheirolophus massonianus, Chamaemeles coriacea, Pittosporum coriaceum e Prunus lusitanica subsp. hixa).

Existem no Jardim duas áreas dedicadas à flora da Madeira; uma localizada na zona do arboreto, e outra, na secção sul do jardim, junto ao anfiteatro e à coleção de palmeiras e cicas.

Na coleção localizada no arboreto destacam-se as espécies arbóreas da Laurissilva da Madeira, tais como a Faia (Myrica faya), o Folhado (Clethra arborea), o Vinhático (Persea indica), o Til (Ocotea foetens) e o Loureiro (Laurus novocanariensis) e ainda outras espécies endémicas da Madeira e Macaronésia raras ou ameaçadas de extinção, nomeadamente o Mocano (Pittosporum coriaceum), o Dragoeiro (Dracena draco), o Jasmineiro (Jasminum azoricum), o Gerânio da Madeira (Geranium maderense) e Cheirolophus massonianus entre várias outras.

A coleção localizada na zona sul do Jardim tem as espécies organizadas de forma a representar os vários níveis de vegetação da Madeira, desde a zona litoral até às altas montanhas da ilha.

Nesta zona salienta-se as espécies raras Berberis maderensis e Pittosporum coriaceum.

Destaca-se ainda nesta coleção uma área de conservação ex situ de Aichryson dumosum, espécie endémica da Madeira e extremamente rara na Natureza. Neste espaço foi recriado o peculiar habitat desta espécie, que vive por entre amontoados de rochas basálticas em apenas uma localidade da ilha da Madeira.

Por favor contacte-nos para mais informações. este local tem um  🚾♿ público e é servido por um snack bar e um restaurante. 

Só é possível fazer este jardim com recurso ao nosso equipamento. 

Tempo de retorno ao hotel 30m.




Partilhe Nas Redes Sociais

Se Gostou Deste Conteúdo Ajude – Nos A Crescer E Partilhe.
Subscreva As Nossas Redes Sociais



error: Content is protected !!
Skip to content